- PUBLICIDADE -

Tarcísio vai recorrer da decisão de Moraes sobre a Ferrogrão

‘Obra parada não gera nenhum valor para a sociedade’, diz Tarcísio

“Vamos apresentar nosso ponto de vista”, diz o ministro da Infraestrutura.

- PUBLICIDADE -

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou, nesta terça-feira (16), que vai pedir a reavaliação da decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, sobre o projeto de construção da Ferrogrão.

Atendendo a um pedido de liminar do PSOL, Moraes suspendeu o projeto e apontou possíveis danos ao meio ambiente.

O objetivo da ferrovia, que estava prevista para ligar Mato Grosso e Pará, era facilitar o escoamento do agronegócio da região. 

Em conversa com o jornal Estadão, o chefe da Infraestrutura justificou que a área do projeto ferroviário segue ao lado do eixo da rodovia BR-163, a qual já foi excluída do Parque Nacional do Jamanxim, no Pará, e que, por isso, vai pedir que a decisão seja reavaliada. 

Freitas declarou:

“Nós vamos apresentar argumentos com a Advocacia-Geral da União. Vamos apresentar nosso ponto de vista.”

E acrescentou:

“Estou tranquilo. Sabemos do compromisso que os ministros do STF têm com o meio ambiente. No entanto, vejo que temos bons argumentos para garantir a continuidade do projeto, que passará ainda pelo licenciamento ambiental. Portanto, não há razão de urgência em paralisar o processo.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -