- PUBLICIDADE -

Tatuagem de Bolsonaro impede modelo de desfilar

Tatuagem de Bolsonaro impede modelo de desfilar
- PUBLICIDADE -

Musa da Unidos de Vila Maria, Erika Canela acredita ter sido impedida de desfilar por causa de uma tatuagem que fez em homenagem ao atual presidente Jair Bolsonaro.

Em vídeo publicado no Instagram na última quinta-feira (28), a modelo Erika Canela falou sobre o caso. “Sejam paz, e não guerra. Propaguem o amor, e não o ódio”, escreveu ela na rede social.

Erika afirmou que usou o próprio dinheiro para marcar o corpo e lamentou:

“Não estava à procura disso e não é justo o que estão falando de mim, o ódio que estão propagando de graça. Mas me avisaram que eu não poderia mais desfilar.”

De acordo com a modelo, que também já tatuou o rosto de Donald Trump nas costas, a decisão da associação foi tomada para evitar problemas durante o desfile:

“Foi para me prevenir e não ter manifestações violentas. Foi melhor assim.”

A modelo fez a tatuagem do presidente Jair Bolsonaro assim que ficou sabendo do resultado das urnas, em 2018, segundo o jornal Metrópoles.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -