Tecnologia de energia eólica inédita é desenvolvida no Brasil

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Tecnologia quer transformar vento em eletricidade de forma mais econômica e eficiente.

Uma nova tecnologia de energia eólica está em desenvolvimento na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). 

Os cientistas do grupo UFSCkite trabalham em um protótipo que substitui as torres convencionais por um cabo e, no lugar das pás, é usado um tipo de asa.

O professor Alexandre Trofino, que coordena o projeto, disse que, com a nova tecnologia, é possível explorar a energia dos ventos em altitudes bastante elevadas, inacessíveis para as torres convencionais. 

De acordo com Trofino, segundo a Agência Brasil, a altura pode chegar a cerca de 600 metros com os cabos:

“Com uso de cabos, a asa pode operar em alturas elevadas, no caso da tecnologia que a gente adota, 600 metros, onde um grande número de localidades apresenta ventos mais fortes e mais frequentes.”

Trofino destacou que, além de reduzir custos de produção, instalação e ainda tornar a energia renovável mais barata. A fauna também é beneficiada com essa nova tecnologia.

“Também é possível, com a tecnologia existente, detectar a chegada de pássaros e desviar a operação  da asa da rota de migração evitando a morte d e muitos pássaros.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.