Português   English   Español

Telefonista ganha R$ 12 mil em estatal no Piauí

O Tribunal de Contas do Piauí está investigando os supersalários na Agespisa, a estatal responsável pelas redes de água e esgoto no estado nordestino.

Em um dos casos apresentado ao TCE, uma telefonista da estatal recebe R$ 12,4 mil mensais, dez vezes o salário pago a uma operadora de telemarketing no Piauí.

A funcionária está na empresa há 35 anos e foi beneficiada com gratificações.

Em outro caso, um engenheiro admitido na Agespisa em 1972 recebe R$ 40 mil, salário maior que o de um ministro do STF (R$ 37,4 mil).

Na maioria das vezes, os supersalários da estatal são pagos a ex-diretores ou ex-presidentes que foram à Justiça para manter as gratificações –e conseguiram.

 

Com informações de: [OAntagonista]

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...