Português   English   Español

Temendo espionagem, EUA estudam limitar vistos de alunos chineses

Estados Unidos pretendem checar com mais rigor o histórico de estudantes chineses que vivem no país em razão da preocupação com espionagem e roubo de propriedade intelectual.

Segundo assessores do presidente Donald Trump, outras restrições também estão sendo analisadas, como investigação de perfis em redes sociais, informa a Gazeta do Povo.

As medidas fazem parte de uma série de decisões hostis de Trump contra a China.

Em junho, o Departamento de Estado encurtou de cinco anos para um ano o período do visto de estudantes chineses que estudam aviação, robótica e manufatura nos Estados Unidos.

Autoridades da Casa Branca disseram que o objetivo era limitar o risco de espionagem e roubo de propriedade intelectual em áreas-chave.

Agora, o governo americano pretende submeter os chineses a um escrutínio adicional antes que eles cheguem a uma escola dos EUA.

Checagens do histórico telefônico e investigação de contas em redes sociais podem ser implementadas para analisar as intenções do estudante, incluindo filiações com organizações do governo.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter