Temer envia Exército para a fronteira com a Venezuela

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Preocupado com clima de hostilidade em Roraima, onde há um intenso fluxo de venezuelanos chegando, o presidente Michel Temer assinou decreto convocando as Forças Armadas para agir no Estado.

Será uma ação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) pelo prazo de 15 dias – entre hoje e 12 de setembro – na fronteira com a Venezuela e nas rodovias federais.

O governo de Roraima considerou a medida insuficiente.

Por enquanto, só o Exército vai atuar na área, mas terá poder de polícia.

Não haverá deslocamento de tropas. A Brigada de Selva, em Boa Vista, tem mais de 3 mil homens em suas fileiras. Anteriormente, o próprio Exército já havia transferido 600 homens para a fronteira, temendo algum confronto.

 

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.