Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Tenho direito de falar do Holocausto, diz Weintraub

Abraham Weintraub desmente fake news sobre o MEC
COMPARTILHE

Após ser criticado por parte da comunidade judaica, ministro diz ter direito de falar do Holocausto.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, respondeu, nesta quinta-feira (28), aos comentários críticos que vem recebendo de entidades e indivíduos da comunidade judaica no Brasil

Em mensagem no Twitter, Weintraub disse “ter o direito de falar do Holocausto” e que “não precisa de mais gente atentado contra sua liberdade”:

“Não falem em nome de todos os cristãos ou judeus do mundo. FALO POR MIM! Tive avós católicos e avós sobreviventes dos campos de concentração nazistas (foto).” 

O ministro completou:

“Todos eram brasileiros. TENHO DIREITO DE FALAR DO HOLOCAUSTO! Não preciso de mais gente atentando contra MINHA LIBERDADE!”

Na manhã de ontem, ao compartilhar uma imagem do período em que a Alemanha foi controlada pelo regime nazista de Adolf Hitler, Weintraub criticou¹ as determinações do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, no âmbito do controverso inquérito das fake news:

“Primeiro, nos trancaram em casa. Depois, brasileiros honestos buscando trabalho foram algemados. Ontem, 29 famílias tiveram seus lares violados! Sob a mira de armas, pais viram suas crianças e mulheres assustadas terem computadores e celulares apreendidos!”

Referências: [1]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários