- PUBLICIDADE -

‘Tente censurar o Tio Sam agora’, diz Kuster em post no Twitter

YouTuber lançará documentário sobre a Teologia da Libertação

- PUBLICIDADE -

“STF baniu as contas de jornalistas e ativistas conservadores do Twitter porque estão criticando seus 11 juízes”, disse Kuster.

Bernardo Kuster, Diretor de Opinião do site Brasil Sem Medo, debochou, nesta sexta-feira (25), da determinação do ministro Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, para suspender as rede sociais de investigados no controverso inquérito das fake news.

Horas após o seu perfil no Twitter ter sido suspenso, Kuster encontrou uma maneira de manter o seu perfil na rede social atualizado.

“Testando. Baseei minha conta nos EUA. Alguém consegue ver?”, questionou Kuster às 15h37m.

Dez minutos depois, Kuster publicou um passo-a-passo para que seus leitores consigam visualizar seus comentários. Aparentemente, uma simples alteração na configuração do Twitter resolve o problema.

“Tente censurar o Tio Sam agora, Cabeça de Ovo!”, acrescentou Bernardo Kuster.

“O Supremo Tribunal Federal baniu as contas de jornalistas e ativistas conservadores do Twitter porque estão criticando seus 11 juízes”, disse ele em outra publicação.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -