Tereza Cristina diz que está na hora de rever o Mercosul

Idiomas:

Português   English   Español
Tereza Cristina diz que está na hora de rever o Mercosul
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A deputada federal Tereza Cristina (DEM-MS) disse que o Brasil precisa rever os acordos estabelecidos pelo Mercosul, especialmente nas negociações envolvendo produtos da agropecuária.


A deputada foi indicada pelo presidente eleito Jair Bolsonaro para ficar à frente do Ministério da Agricultura a partir de janeiro.

Tereza Cristina disse que o país deve deixar o bloco, caso as condições continuem desvantajosas, e defendeu o aprofundamento das relações comerciais com a China.

A futura ministra da Agricultura foi questionada: “Qual a sua visão sobre o Mercosul?”. Ela respondeu:

O Mercosul, para o Brasil, é desigual, principalmente para os produtos da agropecuária. Estamos com problemas por causa do leite, que entra no país e causa prejuízos, principalmente, para os pequenos produtores. Tem também o problema do arroz, que é seríssimo. O mundo hoje é muito rápido e dinâmico. Está na hora de sentar e rever o Mercosul. Sem deixar o protagonismo do Brasil e sem deixar de ter esse relacionamento com os nossos vizinhos, mas fazendo um acordo, talvez, mais moderno e melhor.

Siga a RENOVA no TWITTER e acompanhe todas as notícias em tempo real.

E acrescentou:

Com certeza. A gente precisa sentar e ver os interesses. Ou o Brasil tenta fortalecer o Mercosul e dizer o que quer, ou então ele sai, num caso extremo. Mas não deve continuar como está. É desvantajoso para nós.

 

Adaptado da fonte Globo

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...