Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Terrorista condenado à morte por ataque contra igreja no Egito

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Terrorista condenado à morte por ataque contra igreja no Egito

Relatório da Anistia Internacional coloca o Egito em sexto lugar no ranking mundial em termos de condenações à morte em 2018.

Um terrorista do Egito foi condenado à morte por enforcamento neste domingo (12) por participação em atentado suicida realizado no ano de 2017.

O ato de terrorismo, que foi reivindicado pelo grupo Estado Islâmico (EI), matou 10 pessoas em uma igreja cristã copta no Cairo.

Armado com fuzis, munição e uma bomba que ele pretendia explodir na Igreja de St. Mina em Helwan, no sul da capital egípcia, o jihadista abriu fogo perto do local de culto.

O extremista islâmico foi condenado pelo “assassinato de nove coptas e um policial”, “posse de armas” e “formação de um grupo terrorista ligado ao EI”.

Outro terrorista, em fuga, também foi condenado à morte in absentia, acrescentou. Duas pessoas foram condenadas à prisão perpétua, quatro outras a dez anos, duas a três anos. Um acusado foi absolvido, informa a ISTOÉ.

Desde 2016, mais de 100 pessoas foram mortas em ataques reivindicados pelo EI contra a minoria ortodoxa copta.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email