Português  English  Español  Español
Português  English  Español  Español

Terroristas matam três americanos em ataque no Quênia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Jihadistas matam tres americanos em ataque no Quenia
Imagem: Reprodução/Twitter

“O Al-Shabaab é uma organização terrorista brutal”, disse major-general do exército norte-americano.

O grupo jihadista Al-Shabaab, da Somália, atacou uma base militar, neste domingo (5), no leste do Quênia, que também é utilizada por militares dos Estados Unidos

Três cidadãos americanos e quatro terroristas foram mortos no ataque, segundo informações do site Yahoo!.

“Devido à tentativa fracassada de invasão, houve um incêndio que afetou alguns dos tanques de combustível localizados na pista. O incêndio está sob controle, e os procedimentos de segurança padrão estão em vigor”, diz nota publicada pela Força de Defesa do Quênia (KDF).

O ataque foi confirmado pelo Comando dos Estados Unidos para a África (AFRICOM), que confirmou danos à “infraestrutura e equipamentos”. Cerca de 150 militares americanos estavam na base no momento do ataque, registra o portal Terra.

William Gayler, major-general do exército dos EUA, declarou:

“O Al-Shabaab é uma organização terrorista brutal. É um afiliado da Al-Qaeda que procura estabelecer um território islâmico autogovernado no leste da África, remover a influência e os ideais ocidentais da região e promover sua agenda jihadista.”

Desde outubro de 2011, quando o governo do Quênia enviou o exército para a Somália em resposta a uma onda de sequestros realizados pelo Al-Shabaab em seu território, radicais islâmicos realizaram numerosos ataques no país.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias