Testes mostram falhas, mas TSE diz que urna eletrônica é confiável

Professor da Unicamp, Diego Aranha, diz que sistema eleitoral não é seguro nem transparente. Justiça eleitoral afirma que a eleição deste ano está segura.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu, na última terça-feira (8), o Teste Público de Segurança nas urnas eletrônicas.

O objetivo era verificar se as vulnerabilidades encontradas no sistema da urna eletrônica, em 2017, foram resolvidas. No ano passado, professores universitários conseguiram acessar as chaves criptográficas do software, ou seja, acessá-lo.

O professor da Unicamp (Universidade de Campinas) Diego Aranha, em conjunto com outros acadêmicos de universidades renomadas — Federal de Pernambuco, Federal de São Carlos (SP) e Federal de Campina Grande (PB) —, conseguiu planejar ataques ao sistema que comprovam a viabilidade de interferir no resultado das urnas.

Diego Aranha declarou:

Ao longo das quatro iniciativas de testes, o sistema eleitoral brasileiro demonstrou-se vulnerável. Não dá para dizer que é seguro, apesar de estar em uso há mais de 20 anos. A urna brasileira não satisfaz os requisitos nem de segurança nem de transparência.

No entanto, apesar da opinião dos especialistas,  o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Janino declarou:

Nós podemos afirmar que as urnas eletrônicas são 100% seguras. São 22 anos de uso e nunca houve um caso de fraude. Isso é comprovado e evidenciado pelos próprios Testes Públicos de Segurança. O sistema eleitoral brasileiro é confiável.

O professor Aranha não contribuirá nos próximos testes do TSE por divergências na apresentação dos resultados. Ele classifica como “frustrante” e “desgastante” ter que lidar com a justiça eleitoral.

‘O TSE sempre tenta mostrar que o sistema é seguro, quando as evidências técnicas apontam para o sentido contrário. Não dar tempo não é justificativa para dizer que o sistema confiável. Esse argumento me parece desonesto’, afirma o professor Aranha.

 

Leia a matéria completa no portal do R7
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia