- PUBLICIDADE -

‘The Economist’ volta a atacar Jair Bolsonaro

‘The Economist’ volta a atacar Jair Bolsonaro
- PUBLICIDADE -

Com Bolsonaro, autoritarismo pode engolir liberalismo, diz “Economist”.

A revista britânica “The Economist” voltou a criticar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) em sua edição desta quinta-feira (25).

O editor sênior da renomada revista do Reino Unido, Michael Reid, publicou um artigo em que alerta para o risco de o liberalismo econômico prometido na campanha eleitoral de Bolsonaro ser tolhido pelo autoritarismo, em um eventual governo do capitão reformado do Exército.

O texto fala sobre problemas nas associações entre liberalismo e autoritarismo no continente, como na ditadura de Pinochet no Chile e no regime militar brasileiro a partir de 1964.

Esta não foi a primeira vez que a The Economist partiu para o ataque contra Bolsonaro.

Ao longo dos último meses, a revista britânica deixou claro sua preferência pelo presidenciável Fernando Haddad (PT) através de várias matérias prejudiciais à candidatura do militar, conforme noticiou a Renova Mídia.

Adaptado da fonte Crusoé
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -