Português   English   Español
Português   English   Español

The Intercept estimula a ação de cibercriminosos no Brasil

The Intercept estimula a ação de cibercriminosos no Brasil
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Hospedado nos EUA e financiado por um bilionário progressista, o site The Intercept divulgou conteúdo roubado por criminosos cibernéticos de celulares de autoridades do Executivo e Judiciário brasileiro.

O site The Intercept divulgou supostos diálogos envolvendo o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e procuradores da Operação Lava Jato.

Em reportagens publicadas neste domingo (9), o site alega ter recebido, com exclusividade, um “extenso lote” de arquivos que “contêm, entre outras coisas, mensagens privadas e de grupos da força-tarefa no aplicativo Telegram”.

“As conversas fazem parte de um lote de arquivos secretos enviados ao Intercept por uma fonte anônima há algumas semanas”, acrescenta a reportagem.

Coincidentemente, há cerca de um mês, a Polícia Federal (PF) instaurou um inquérito para investigar a ação de criminosos cibernéticos contra autoridades brasileiras, inclusive o próprio ministro Moro.

Procuradores da Lava Jato notificaram a PF após um deles desconfiar de uma mensagem recebida por meio do aplicativo Telegram. O ataque em massa então foi descoberto e começou a ser apurado pela polícia.

Apesar de negar ter tido acesso aos arquivos por meio de cibercriminosos, o Intercept rejeitou apresentar informações sobre a fonte das mensagens e não publicou evidências para comprovar a veracidade do conteúdo.

O site do Intercept está hospedado em um servidor nos Estados Unidos, o país de origem desta iniciativa jornalística alinhada à extrema esquerda.

No dia 16 de outubro de 2013, o bilionário Pierre Omidyar, fundador do eBay, anunciou que iria financiar o Intercept com uma doação de US$ 250 milhões.

Para se ter noção do montante aplicado por Omidyar, o valor investido no empreendimento é igual ao investimento de Jeff Bezos, fundador da Amazon, ao adquirir o jornal The Washington Post.

Omidyar é um dos bilionários mais ativos na “resistência” ao governo do presidente Donald Trump. Ele também foi um dos principais doadores para o Comitê de Ação Política (PAC), grupo formado durante as eleições de 2016 para impedir a vitória do atual chefe da Casa Branca.

O site Intercept tem como editor-chefe Glenn Greenwald, advogado e jornalista norte-americano, casado com o deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), que assumiu o cargo no Congresso após o ex-participante de reality show Jean Wyllys deixar o Brasil alegando estar sofrendo com ameaças.

“O arquivo fornecido pela nossa fonte sobre o Brasil é um dos maiores da história do jornalismo […] Nossas reportagens acabaram de começar”, ameaçou Gleen em mensagem no Twitter.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...

Curta a RENOVA!