Theresa May vai enfrentar voto de desconfiança do seu próprio partido

Idiomas:

Português   English   Español
Theresa May vai enfrentar voto de desconfiança do seu próprio partido
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A votação pode retirá-la da liderança do Partido Conservador e, consequentemente, do posto de premiê do Reino Unido.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, enfrentará nesta quarta-feira (12) um voto de desconfiança sobre a liderança do Partido Conservador.

Seus correligionários conseguiram o apoio necessário para iniciar esse processo que pode retirá-la do comando da legenda e, consequentemente, do poder.

O presidente do Comitê 1922, que reúne o grupo na Câmara dos Comuns, Graham Brady, recebeu 48 cartas necessárias dos deputados do partido para convocar a votação.

Theresa May pode perder a liderança do partido se 158 dos 315 parlamentares conservadores votarem contra ela.

Caso o resultado da votação seja negativo, May deve renunciar e haverá uma nova votação dentro do partido para escolher um novo líder. Ela permanecerá líder e premiê do Reino Unido, até que o seu o sucessor seja indicado.

Se ela ganhar, May não poderá ser desafiada pelos correligionários novamente por um ano.

Adaptado da fonte G1

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...