- PUBLICIDADE -

Titanossauro mais antigo do mundo é encontrado na Argentina

Titanossauro mais antigo do mundo é encontrado na Argentina

“Esta descoberta é muito importante também para o conhecimento da história evolutiva”, diz pesquisador.

- PUBLICIDADE -

Cientistas da Argentina revelaram, neste domingo (28), a descoberta de um titanossauro que viveu 140 milhões de anos atrás.

Este seria o mais antigo já encontrado da espécie, e a evidência de que essas espécies gigantescas se originaram no início do período Cretáceo.

Trata-se da espécie Ninjatitan zapatai, de 20 metros de comprimento, encontrada na província de Neuquén, sudoeste da Argentina, em 2014.

Pablo Gallina, pesquisador da Fundação Azara da Universidade Maimónides e do Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas (Conicet), declarou:

“A maior importância deste fóssil, mais além de ser uma nova espécie de titanossauro, é que se trata do registro mais antigo em nível mundial para este grupo.”

Gallina, autor principal do estudo, completou:

“Esta descoberta é muito importante também para o conhecimento da história evolutiva dos saurópodes, porque os registros fósseis do começo do Cretáceo são realmente muito escassos em todo o mundo.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -