Português   English   Español

Títulos da Odebrecht desabam com favoritismo de Bolsonaro

Títulos da Odebrecht desabam com favoritismo de Bolsonaro

Credores temem que a construtora esteja ficando sem dinheiro para honrar suas obrigações, diante da falta de novos projetos e do caixa mais magro.

Os detentores dos títulos da Odebrecht Engenharia e Construção estão ficando mais pessimistas sobre a perspectiva da empresa no próximo governo.

Os títulos denominados em dólares com vencimento em 2025 e 2042, que somam US$ 1,4 bilhão, caíram mais de 10 centavos de dólar no último mês e estão próximos da menor cotação em cinco meses, negociados a cerca de 25 por cento do valor de face.

Credores temem que a construtora esteja ficando sem dinheiro para honrar suas obrigações, diante da falta de novos projetos e do caixa mais magro.

O favoritismo do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) na eleição presidencial é o mais recente fator de preocupação. Analistas especulam que, dados os laços históricos da empresa com o PT e o envolvimento na Operação Lava Jato, é menos provável que o próximo presidente faça projetos com a Odebrecht.

 

Adaptado da fonte InfoMoney

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...