Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Todas as línguas propagam 39,15 bits de informação por segundo

Todas as línguas propagam 39.15 bits de informação por segundo

Os idiomas mais rápidos só são rápidos porque são menos eficientes: precisam de mais sílabas para transmitir a mesma ideia.

Cada uma das milhares de línguas que existem mundo afora tem sua própria forma de usar os recursos da sonoridade, velocidade da pronúncia, entonação, vocabulário, etc.

No entanto, apesar das várias diferenças entre si, todas as línguas transmitem a mesma quantidade de informação por unidade de tempo, segundo um estudo desenvolvido na Universidade de Lyon, na França.

Publicado na revista Science Advances, o estudo utiliza o conceito de bits de informação, muito comum quando falamos de arquivos de computador, mas que também é bastante usado na linguística.

Enquanto línguas como o basco possuem 4,8 bits de informação por sílaba, vietnamitas usam 8 bits a cada sílaba.

Ainda que o ritmo de leitura dependa da pessoa que lê, os falantes de idiomas “mais eficientes” falavam, no geral, mais lentamente. E o inverso também era observado. Línguas que geram uma quantidade menor de informação por sílaba precisavam compensar falando de forma mais ligeira.

O fato de línguas menos complexas compensarem a diferença falando mais rápido equilibrou as coisas. A taxa com que a informação era repassada, assim, era mais ou menos a mesma.

Não importava ou quão rápida ou lenta, simples ou complexa era a linguagem: a quantidade de informação era sempre próxima a 39,15 bits por segundo em todos os casos analisados.

O motivo pelo qual essa relação acontece e por que há um padrão fixo de 39,15 bits por segundo, de acordo com os pesquisadores, segue sendo um mistério, registra a revista Super Interessante.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email