Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Toffoli diz que inquérito descobriu ameaças ‘gravíssimas’ a ministros

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Toffoli diz que inquérito descobriu ameaças 'gravíssimas' a ministros
Imagem: Rosinei Coutinho / SCO / STF
COMPARTILHE

Toffoli diz que inquérito sobre supostos ataques ao STF descobriu ameaças “gravíssimas” a ministros e cidadãos.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, afirmou que o inquérito criminal aberto no tribunal descobriu ameaças “gravíssimas” contra “ministros e cidadãos”.

O inquérito foi criado em março, por determinação de Toffoli, para apurar notícias fraudulentas, ofensas e ameaças contra membros do Tribunal.

A investigação foi alvo de uma intensa repercussão negativa após censurar temporariamente a revista Crusoé e o site O Antagonista.

Em declaração a jornalista Miriam Leitão, durante entrevista à emissora GloboNews que foi exibida nesta terça-feira (17), Toffoli declarou:

“Nós conseguimos, através desse inquérito, descobrir ameaças extremamente gravíssimas, que não vou entrar em detalhe, na deep web. Ameaças de uma gravidade excepcional…a ministros e a cidadãos também.”

Toffoli afirmou ainda que os ataques diminuíram desde a abertura do inquérito.

“Então esse inquérito tem sido extremamente importante para atuar nessas investigações, para também mostrar que, desde a abertura do inquérito, os ataques que eram agressivos, ameaçadores, que extrapolavam liberdade de expressão e iam para a criminalidade, esses ataques diminuíram excepcionalmente. No relatório que o ministro Alexandre de Moraes tem, diminuíram 80 por cento. Até porque muitos desses ataques eram feitos via robôs ou seja algo artificial, algo industriado. Algo para criar a instabilidade.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM