Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Toffoli suspende aplicação do juiz de garantias por 6 meses

Procuradores pedem quebra de sigilos de Dias Toffoli
COMPARTILHE

As regras estipuladas para o juiz de garantias não serão aplicadas a partir de 23 de janeiro.

O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu, nesta quarta-feira (15), a aplicação do juiz de garantias por um período de 180 dias.

Toffoli concedeu uma decisão liminar em ações que questionam a medida aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada, em dezembro, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

O Supremo ainda julgará o mérito das ações no plenário.

Com a determinação de Toffoli, as regras para o juiz de garantias não serão aplicadas a partir de 23 de janeiro, quando outros pontos do desfigurado pacote anticrime entram em vigor.

Em conversa com jornalistas, segundo o site Conjur, o ministro afirmou que “a implementação do juiz das garantias demanda organização, que deve ser implementada de maneira consciente em todo o território nacional, respeitando-se a autonomia e as especificidades de cada tribunal”.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE