Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Toffoli tenta reduzir impacto do reajuste salarial de ministros do STF

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Toffoli tenta reduzir impacto do reajuste salarial de ministros do STF
COMPARTILHE

Bolsonaro disse que ‘não é o momento’ para recomposição salarial. Reajuste para ministros do Supremo foi aprovada pelo Senado nesta quarta. Temer precisa aprovar a medida.

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, deve apresentar à equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro um relatório com dados sobre o reajuste nos salários dos ministros do tribunal, segundo informações do G1.

Toffoli também pretende agir para acelerar o julgamento sobre a legalidade do auxílio-moradia para magistrados, já que o fim do benefício é uma das alternativas para reduzir o impacto do reajuste, aprovado pelo Senado nesta quarta-feira (7), conforme noticiou a Renova Mídia.

Mesmo depois de o Senado ter aprovado o reajuste, a intenção de Toffoli é tentar vencer resistências do presidente eleito com a recomposição salarial dos ministros e convencer o novo governo de que é possível minimizar o impacto nos cofres da União.

A decisão de enviar dados a Bolsonaro foi tomada após encontro entre os dois no Supremo nesta quarta, antes da aprovação da proposta no Senado. Até então, o presidente eleito havia saído da breve reunião falando em “harmonia“.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM