Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Toneladas de cabelo humano da China são apreendidas nos EUA

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Toneladas de cabelo humano da China são apreendidas nos EUA
COMPARTILHE

A suspeita das autoridades dos EUA é de que os cabelos são de prisioneiros chineses membros de uma minoria étnica.

Uma carga de 13 toneladas de produtos de beleza, com uma grande quantidade de cabelo humano, foi apreendida, na última quarta-feira (1º), por oficiais da Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP) dos Estados Unidos no porto de Nova York.

Os produtos valiam mais de US$ 800 mil. A remessa teve origem na província de Xinjiang, na China, sinalizando possíveis violações aos direitos humanos.

Xinjiang é uma região rural autônoma no noroeste do território chinês e lar de aproximadamente 11 milhões de uigures, uma minoria étnica predominantemente muçulmana com cultura e idioma distintos. 

O Departamento de Estado dos EUA estima que mais de 1 milhão de uigures estão presos em uma rede de campos de concentração em Xinjiang, onde estão “sujeitos à tortura, tratamentos cruéis e desumanos, como abuso físico e sexual, trabalho forçado e morte”.

De acordo com a emissora CNN, esta é a segunda vez em 2020 que as autoridades alfandegárias apreendem produtos da China suspeitos de serem feitos com cabelos de prisioneiros.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.