- PUBLICIDADE -

Traficantes do Rio expandem território em favelas durante pandemia

Traficantes do Rio expandem território em favelas durante pandemia
- PUBLICIDADE -

Ações da polícia em favelas do Rio vêm sendo limitadas diante de uma decisão do STF.

Traficantes de comunidades de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, estão aproveitando a pandemia de coronavírus para expandir seus territórios e impor restrições à população local.

Além de bailes, pegas de motocicletas e comércio de drogas em plena luz do dia, os traficantes estão concretando as barricadas, para fazer com que os obstáculos temporários se tornem definitivos, destaca o site Metrópoles.

“Hoje (22) é aniversário de São Gonçalo, porém não temos nada a comemorar. O tráfico de drogas está tomando conta da nossa cidade e as autoridades estão paradas”, desabafou um morador, em entrevista ao jornal local O São Gonçalo.

“Estamos há mais de um mês fazendo denúncias. Eles estão colocando as barricadas em todas as ruas próximas aos Predinhos. E são barricadas definitivas. Caminhões com entulhos, manilhas de concreto, e barras de ferro”, acrescenta o morador.

Em nota à imprensa, a Polícia Militar informou:

“A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que o policiamento ostensivo do 7ºBPM (São Gonçalo) segue atuando nestes bairros do município de São Gonçalo visando prevenir e coibir práticas criminosas.”

Ainda no comunicado, as autoridades também enfatizaram que têm atuado para retirar as barricadas que estão sendo colocadas nas vias públicas. 

No entanto, a PM acrescentou que as “ações contínuas deste tipo nestas áreas vêm sendo limitadas diante de uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal”.

No início de agosto, a maior parte dos ministros do STF referendou uma liminar do magistrado Edson Fachin que suspendeu operações policiais em favelas do Rio durante a pandemia, como noticiou a RenovaMídia.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -