Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

‘Traidor e psicopata’, diz Flávio sobre Witzel

“Além de traidor e psicopata, é mentiroso!”, disse o senador fluminense.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Flávio Bolsonaro acusa Wilson Witzel de ingratidão
COMPARTILHE

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) negou que tenha indicado nomes para algum cargo político no governo do Rio de Janeiro após Wilson Witzel (PSC-RJ) assumir o poder, em 2019. 

Witzel disse que o secretário de Ciência e Tecnologia, Léo Rodrigues, e o ex-secretário de Governo, Gutemberg Fonseca, foram indicações do senador, quando eles ainda eram aliados.

Em mensagem nas redes sociais, Flávio chamou o governador afastado do Rio de “psicopata”, “traidor” e “mentiroso”:

“Ex-governador Wilson Witzel, além de traidor e psicopata, é mentiroso! No dia seguinte a sua eleição pedi meu espaço em seu governo: Nenhum!”

Ainda de acordo com Flávio, não houve qualquer influência dele para as escolhas:

“Léo Rodrigues e Gutemberg Fonseca foram escolhas dele. Ambos me perguntaram se eu teria óbice. Disse que a decisão era deles, e não minha!”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM