PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Tratamento Precoce: médicos vão à Justiça contra a Rede Globo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Caso seja condenada pela Justiça, a Globo terá de pagar indenização.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A Associação Médicos pela Vida (AMV) entrou na Justiça reivindicando indenização e direito de resposta  da Rede Globo.

O motivo é uma matéria exibida no programa “Fantástico” sobre medicamentos usados no tratamento precoce contra a Covid-19

Exibida em 28 de março deste ano, a reportagem da emissora alega que os remédios não têm comprovação científica.

Os jornalistas Tadeu Schmidt e Poliana Abritta mostram supostas evidências de que a hidroxicloroquina não funciona no enfrentamento do novo coronavírus

A tese, no entanto, é rebatida pela AMV, entidade que defende a autonomia dos profissionais de saúde.

Apesar da entidade não ter sido mencionada pela emissora, a AMV decidiu entrar na Justiça. 

O processo está correndo na 29ª Vara Cível de São Paulo, e a associação perdeu em primeira instância, informou, nesta quarta-feira (23), o site Notícias da TV.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.