Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Travamento do país é péssimo para a saúde’, diz ministro da Saúde

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Nada muda no Brasil com pandemia, diz Mandetta
Imagem: Reprodução/Twitter

“Não dá para chegar e dizer o que é essencial”, diz Mandetta.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou, nesta terça-feira (24), que as restrições impostas pelos Estados são “péssimas” para o setor de saúde.

Ao sair do Palácio do Planalto, após conferência com governadores do Centro-Oeste e Sudeste, em Brasília, Mandetta declarou:

“Tem médicos fechando consultórios. Daqui a pouco estou lá cuidando de um vírus, mas cadê o pré-natal? Cadê o cara que está fazendo a quimioterapia?”

E acrescentou:

“Não dá para chegar e dizer o que é essencial. Se precisar de um mecânico para consertar uma ambulância, ele é o mais essencial naquele momento.”

O ministro disse ainda que medidas restritivas não devem atender motivações políticas, como ele tem visto em alguns casos:

“Tenho visto prefeitos com eleições na frente. Teve um que me ligou e falou que já tinha fechado mercearia, borracharia e açougue. Eu perguntei o porquê e ele me disse que o cara da oposição tinha dito na rádio que, se ele não fechasse, estava errado.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email