Treinador de Senegal rejeita vitimização

A Copa do Mundo de 2018 na Rússia tem apenas um técnico negro: Aliou Cissé, do Senegal.

O ex-capitão da seleção nacional de Senegal, que fez parte da histórica campanha dos “Leões de Taranga” no Mundial de 2002, falou sobre o tema.

Aliou Cissé afirmou:

É verdade, sou o único treinador negro desta Copa. Esse debate me incomoda. Futebol é um esporte universal, e a cor de sua pele não tem importância.

E acrescentou:

No fim das contas, fico feliz de ver que há um técnico negro aqui. Além do futebol, além do campo, isso demonstra que também temos treinadores de qualidade entre nós.

Cissé, que comanda Senegal desde 2015, também disse esperar ver mais treinadores negros no cenário internacional nos próximos anos.

 

Com informações da ESPN
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia