Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Três empresas da China serão retiradas da bolsa de Nova York

China assume comando do consulado dos EUA em Chengdu
COMPARTILHE

Bolsa suspenderá as negociações das empresas já em 7 de janeiro ou até 11 de janeiro.

Três companhias da China serão retiradas da bolsa de Nova York (Nyse) neste mês de janeiro de 2021. 

O motivo? Uma ordem executiva assinada pelo presidente Donald Trump, dos Estados Unidos

Em 12 de novembro, Trump emitiu uma ordem proibindo investimentos em empresas de capital aberto que o governo diz serem controladas pelas forças armadas chinesas. 

Dessa forma, China Telecom CorpLimitedChina Mobile Limited, e China Unicom Hong Kong Limited serão retiradas.  

Divulgado na última quinta-feira, o comunicado diz que a bolsa suspenderá as negociações das empresas já em 7 de janeiro ou até 11 de janeiro.  

O texto diz que as emissoras de ações podem apelar a um comitê do conselho da bolsa de Nova York. 

Por outro lado, o regime comunista em Pequim acusou Washington de usar a segurança nacional como desculpa para atacar a competição e alertou que a ordem de Trump prejudicaria investidores dos EUA e de todo o mundo. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE