Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

TRF-3 nega recurso contra divulgação de exame de Bolsonaro

Jornais internacionais criticam ações de Bolsonaro durante pandemia
Imagem: Reprodução/AP
COMPARTILHE

Desembargador disse que o exame de Bolsonaro é uma “informação que se reveste de interesse público”.

O desembargador Mairan Maia, presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), negou, neste sábado (2), um segundo recurso da Advocacia-Geral da União (AGU) contra a divulgação dos testes para coronavírus feitos pelo presidente da República, Jair Bolsonaro

Na análise do primeiro recurso, por uma outra desembargadora, o governo conseguiu suspender o envio dos documentos.

No entanto, segundo o portal UOL, o presidente do TRF-3.

“Não se trata de personalíssimo direito à manutenção da privacidade dos resultados dos exames, senão de informação que se reveste de interesse público acerca do diagnóstico da contaminação ou não pelo Covid-19.”

Ao analisar esse outro recurso da AGU, o desembargador negou o pedido para derrubar a decisão da Justiça Federal de São Paulo, que havia determinado a divulgação dos papéis em um prazo de 48 horas.

Mairan Maia concluiu:

“A União Federal limita-se a justificar que não existe obrigatoriedade no fornecimento dos laudos dos exames realizados pelo Excelentíssimo Senhor Presidente da República. Não demonstra, ainda que de maneira superficial, em que medida a decisão de primeiro grau tenha o potencial concreto de ofensa à ordem pública.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários