TRF-4 mantém condenação de acusados de ligação com Estado Islâmico

Penas dos oito brasileiros condenados variam de 5 a 15 anos de prisão. Segundo a denúncia, eles planejavam ataque terrorista durante a Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manteve em segunda instância a condenação de oito brasileiros acusados de difundirem os ideais terroristas do Estado Islâmico e de planejarem atentados durante os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016.

Ao todo, dez pessoas foram presas pela Operação Hashtag, da Polícia Federal, em julho de 2016, duas semanas antes da abertura das Olimpíadas, suspeitos de planejar atos terroristas no Brasil. Oito viraram réus. O grupo formaria uma suposta célula do Estado Islâmico no país.

A sentença foi a primeira feita com base na lei 13.260, a Lei de Terrorismo, sancionada três meses antes das prisões. Os oito foram condenados a penas que variam de 5 a 15 anos de prisão.

 

Com informações da Gazeta do Povo
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia