- PUBLICIDADE -

Tribunal da China condena quarto canadense à morte

China cita 'segurança nacional' para justificar prisão de canadenses
- PUBLICIDADE -

O chanceler canadense, François-Philippe Champagne, se declarou "profundamente preocupado".

O regime comunista da China anunciou, nesta sexta-feira (7), que um quarto canadense foi condenado à morte em um caso de tráfico de drogas.

A sentença tem como pano de fundo as tensões diplomáticas crescentes entre Canadá e Pequim.

Identificado em mandarim com o nome de Ye Jianhui, o canadense foi julgado por “tráfico e produção de drogas”, de acordo com o Tribunal de Foshan.

A mídia estatal chinesa diz que autoridades apreenderam 217 quilos de MDMA entre os seis acusados, julgados por fatos ocorridos em 2015 e 2016.

O chanceler canadense, François-Philippe Champagne, se declarou “profundamente preocupado”, destaca a agência France-Presse.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -