Português   English   Español

Trump acusa Paquistão de ajudar a esconder Osama bin Laden

Trump acusou o governo do Paquistão de ter ajudado a esconder o terrorista Osama bin Laden. O líder da Al Qaeda foi morto em uma operação americana em 2011, no território do país.

As acusações foram feitas neste domingo (18) pelo presidente dos Estados Unidos durante uma entrevista concedida pela emissora “Fox News“.

Donald Trump declarou:

[Bin Laden] vivia no Paquistão, nós estávamos apoiando o Paquistão, dávamos a eles US$ 1,3 bilhão por ano, o que não damos mais. Eu acabei com isso porque eles não faziam nada por nós.

Além disso, Trump criticou o almirante reformado Bill McRaven, ex-comandante da Força de Operações Especiais e responsável pela operação para matar Bin Laden na cidade paquistanesa de Abbottabad.

“Ele é um apoiador de Hillary Clinton, de Barack Obama“, afirmou Trump sobre McRaven, que já afirmou que considera o atual presidente como uma ameaça à democracia.

“Não seria bom se tivéssemos capturado Osama bin Laden muito antes disso? Não teria sido bom?”, questionou o presidente.

Trump acrescentou:

Pense nisso. [Bin Laden] vivendo no Paquistão, vivendo perfeitamente no Paquistão, no que eu acho que eles consideram uma mansão legal.

O presidente também lembrou que o local onde o terrorista foi morto ficava perto de uma instalação militar.

“Todo mundo no Paquistão sabia que ele estava ali. E nós dávamos ao Paquistão US$ 1,3 bilhão por ano”, reclamou o líder republicano.

 

Adaptado da fonte EFE

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter