Trump sugere dar bônus a professor treinado para portar armas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, defendeu na quinta-feira (22) o pagamento de bônus a professores com treinamento para carregar armas e disse que as escolas têm de ser tão bem protegidas quanto os bancos.

Durante encontro com representantes dos Estados, Trump afirmou:

Para um matador ou alguém que quer ser um matador, entrar em uma zona livre de armas é como ir comprar sorvete. Quero minhas escolas protegidas tanto quanto os meus bancos.

O presidente norte-americano ressaltou que não é a favor de armar os professores de maneira indiscriminada, mas sim aqueles que tenham experiência. Ele estimou que entre 10% e 40% dos educadores seriam qualificados para andar armados. “Eles poderiam receber um pequeno bônus”, disse Trump, que prometeu financiar parte do treinamento.

Os EUA têm 3,1 milhões de professores primários e secundários, segundo o Departamento de Educação. Se 10% forem armados, isso significará entregar armas para 310 mil profissionais. No caso de 20%, o número subiria a 620 mil, quase metade dos militares da ativa. Além disso, há outros 400 mil educadores em escolas particulares.

Além de propor o aumento do número de armas nas escolas, Trump se declarou a favor da elevação da idade mínima para compra de rifles e fuzis de 18 para 21 anos. A medida é a primeira defendida pelo presidente que contraria claramente a posição da Associação Nacional do Rifle (NRA), o poderoso lobby pró-armas dos EUA.

 

Com informações de: [Estadão]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *