Trump volta a criticar caça às bruxas da investigação sobre a Rússia

WASHINGTON, DC - JANUARY 10: U.S. President Donald Trump greets Prime Minister Erna Solberg of Norway upon his arrival at the West Wing of the White House, on January 10, 2018 in Washington, DC. Later today the two leaders will address the media during a news conference in the East Room. (Photo by Mark Wilson/Getty Images)

O sábado (03/02) de Donald Trump no Twitter começou um pouco mais tarde do que o habitual, mas as palavras do presidente já começaram a repercutir na mídia.

Um dia após aprovar a publicação do memorando elaborado pelo Comitê de Inteligência do Congresso que comprovou a espionagem cometida pelo governo Obama contra um cidadão norte-americano membro da sua campanha, Trump voltou a lembrar que nenhuma evidência foi encontrada em mais de um ano com o procurador especial Robert Mueller comandando centenas de agentes do FBI e DOJ para vasculhar tudo da sua vida e as dos membros da sua equipe.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tuitou no início de tarde deste sábado aqui em terras tupiniquins.

Este memorando reivindica totalmente “Trump” na investigação. Mas a caça às bruxas russa continua e continua. Não houve Conluio e não houve Obstrução (a palavra que está sendo usada agora porque, depois de um ano investigando tudo e encontrando NADA, o conluio está morto). Isto é uma desgraça Americana!

Ontem, RENOVA foi a primeira mídia do Brasil a publicar o memorando que deixou Washington e o mundo em alerta. No link abaixo você pode acompanhar uma série de vídeos, links e artigos próprios sobre o documento.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *