Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Trump classifica os Curdos do PKK como ‘ameaça terrorista’

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Trump classifica os Curdos do PKK como 'ameaça terrorista'

Turquia lançou uma ofensiva no norte da Síria na semana passada contra milícias curdas, que acredita ser uma filial do PKK.

O presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou, nesta quarta-feira (16), que o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) é uma “ameaça terrorista” maior do que o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Em meio a críticas pela retirada das tropas dos Estados Unidos da Síria, Trump disse que o grupo curdo que opera na Turquia, o PKK, é “provavelmente uma ameaça terrorista maior, sob muitos aspectos, do que o EI”.

O republicano defendeu sua decisão de retirar tropas americanas da fronteira síria, mas negou ter dado “sinal verde” ao líder do regime islâmico turco, Recep Tayyip Erdogan, para lançar uma invasão do território sírio.

“Não dei sinal verde. Quando dizem isso assim é mentira. Foi o oposto a um sinal verde. Para começar, quase não tínhamos mais soldados lá. A maior saída já tinha acontecido”, afirmou Trump.

“A decisão do presidente Erdogan não me surpreendeu porque ele queria fazer isso há muito tempo”, acrescentou o chefe da Casa Branca, informa a agência AFP.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email