Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Trump conecta Bill Clinton a pedófilo morto na cadeia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Trump conecta Bill Clinton a pedófilo morto na cadeia

Duas investigações, uma do FBI e outra conduzida pelo Departamento de Justiça, foram abertas sobre a morte do milionário Epstein.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, compartilhou, neste domingo (11), em sua conta no Twitter, uma publicação sobre a morte do bilionário Jeffrey Epstein.

Acusado de tráfico sexual de menores de idade, Epstein foi encontrado morto em sua cela no sábado (10).

Trump divulgou um vídeo publicado pelo ator Terrence Williams dizendo que Epstein tinha informações sobre o ex-presidente Bill Clinton e sugerindo que isto teria relação com a sua morte.

Epstein era amigo íntimo dos políticos esquerdistas Bill e Hillary Clinton. Segundo uma reportagem da Fox News publicada em 2016, documentos judiciais mostram que Bill voou no avião de Epstein pelo menos 26 vezes entre 2002 e 2003, algumas vezes abandonando a proteção do serviço secreto.

O secretário de Justiça dos EUA, William Barr, anunciou a abertura de duas investigações, uma do FBI e outra conduzida pelo Departamento de Justiça, sobre a morte do milionário.

Quase 2 mil páginas de documentos judiciais publicadas na sexta-feira (9) detalham as acusações contra Epstein feitas por uma mulher chamada Virginia Giuffre em uma ação civil. Ela cita políticos com os quais Epstein a teria obrigado a ter relações sexuais. Todos negaram.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email