Trump defende pena de morte para assassinos de policiais

Em discurso durante cerimônia anual para policiais mortos em serviço – 37º Serviço Memorial Nacional – nesta terça-feira (15), o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu o fim imediato dos ataques contra policiais.

A cerimônia foi instituída em 1962 pelo presidente dos EUA, John F. Kennedy, para homenagear os policiais que foram mortos ou ficaram incapacitados no cumprimento do dever.

56 anos depois, nesta terça-feira (15), Donald Trump sugeriu que “os criminosos que matam nossa polícia devem receber pena de morte”.

Dirigindo-se aos presentes, o presidente norte-americano disse ainda que orientou o Departamento de Justiça a “fazer qualquer coisa ao seu alcance para defender as vidas da polícia americana”.

 

Com informações de: [Sputnik]
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia