Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Trump diz que empresas com negócios com o Irã serão banidas dos EUA

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Empresas que fizerem negócios com o Irã serão banidas dos Estados Unidos, disse o presidente Donald Trump nesta terça-feira (7), quando novas sanções norte-americanas entraram em vigor.

O regime islâmico do Irã rejeitou uma oferta de última hora do governo Trump para conversar, dizendo que não pode negociar pelo fato de os Estados Unidos terem se desfiliado do acordo de 2015 mediante o qual sanções foram suspensas em troca de limites ao programa nuclear iraniano.

Trump decidiu retirar seu país do pacto neste ano, ignorando pedidos de outras potências mundiais que também patrocinaram o acordo, entre eles os principais aliados de Washington na Europa, Reino Unido, França e Alemanha, além da Rússia e da China.

Esperando persuadir Teerã a continuar a respeitar o acordo, países europeus prometeram tentar amenizar o impacto das sanções e incentivar suas empresas a não deixarem o Irã, mas isso se mostrou difícil –as empresas o fizeram argumentando que não podem arriscar seus negócios nos EUA.

Donald Trump declarou no Twitter nesta terça-feira (7):

Estas são as sanções mais agressivas já impostas, e em novembro elas sobem mais um nível. Qualquer um que fizer negócios com o Irã NÃO fará negócios com os Estados Unidos. Estou pedindo a PAZ MUNDIAL, nada menos!

O Ministro de Relações Exteriores iraniano, Mohammad Javad Zarif, criticou o tuíte de Trump, que disse ser um clichê gasto, e denunciou o “unilateralismo dos EUA”.

 

Adaptado da fonte Reuters

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email