Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Trump diz que não cruzará os braços diante da ditadura de Maduro

COMPARTILHE

O governo de Donald Trump anunciou que não ficará de braços cruzados diante da ditadura de Nicolás Maduro na Venezuela.

“Se Maduro ganhar, como se espera, o governo americano certamente pressionará ainda mais”, opinou David Smilde, do centro de pesquisa e promoção dos direitos humanos WOLA, com sede em Washington.

Aumentarão “as sanções contra funcionários, em alguns casos incluindo familiares e associados”, apontou Mariano de Alba, um advogado venezuelano especialista em Relações Internacionais que também vislumbra mais ações desse tipo vindas de União Europeia e Canadá, e de países latino-americanos, estimulados por Washington a pressionar Caracas.

“Trump não terá outro remédio senão mostrar maior força”, apontou Michael Shifter, presidente do centro de análise Diálogo Interamericano, após o anúncio dias atrás da embaixadora dos Estados Unidos na ONU, Nikki Haley, de “continuar isolando Maduro até que ele ceda”.

 

Com informações de: [EXAME]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários