Português   English   Español

Trump diz que pode desligar câmeras durante coletivas de imprensa

O presidente Donald Trump alertou que pode desligar câmeras que mostram repórteres em entrevistas coletivas.

O presidente dos Estados Unidos admitiu neste domingo (18) a possibilidade de desligar as câmeras que enfocam jornalistas durante coletivas de imprensa, depois da polêmica envolvendo o correspondente da CNN Jim Acosta.

Em entrevista à emissora americana “Fox News“, Donald Trump afirmou:

Uma das coisas que poderemos fazer é desligar a câmera que os enfoca, porque, então, não terão tempo no ar, embora, provavelmente, e serei processado por isso. Mas, você sabe, eu posso ganhar ou perder.

Há dois dias, o juiz federal Timothy J. Kelly ordenou que a Casa Branca devolvesse o credenciamento a Acosta, que durante uma entrevista coletiva acalorada, quebrou o decoro e tocou uma estagiária da Casa Branca, conforme noticiou a Renova Mídia.

Trump revelou que está sendo preparado um pacote de “normas e regras” para a atuação de correspondentes na cobertura dentro da sede do governo.

Além disso, advertiu que se Acosta “não se comportar” nas coletivas, será expulso, ou se cessará a atividade.

 

Adaptado da fonte BOL

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter