Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Trump diz que relatório sobre FBI é ‘desastre total’ para James Comey

COMPARTILHE

A divulgação do relatório do Departamento de Justiça reforça as declarações do presidente Donald Trump ao apontar que agentes do FBI prejudicaram a campanha do candidato republicano e, posteriormente, o trabalho do Presidente.

O presidente Donald Trump disse nesta sexta-feira (15) que o relatório sobre como o FBI administrou a investigação referente ao uso de e-mails por parte da ex-secretária de Estado Hillary Clinton é um “desastre total” para seu ex-diretor James Comey e para a própria agência.

“O relatório do inspetor-geral é um desastre total para Comey, seus ‘minions’ e, lamentavelmente, para o FBI. Comey agora será lembrado oficialmente como o pior líder, até agora, da história do FBI. Prestei um grande serviço para o povo em demiti-lo. Boa intuição”, tuitou Trump em seu primeiro comentário sobre o relatório do inspetor-geral do Departamento de Justiça, divulgado na quinta-feira (14).

O presidente norte-americano também destacou as mensagens trocadas por agentes do FBI que lutavam para impedir sua vitória na eleição presidencial de 2016. Renova Mídia falou sobre o caso em matéria publicada ontem.

De acordo com informações do BOL:

Segundo o documento de 500 páginas do Departamento de Justiça, Comey não seguiu procedimentos adequados, mas não foi encontrada qualquer evidência de motivação política para influenciar o resultado da disputa presidencial daquele ano, na qual Hillary Clinton se apresentou como a candidata do Partido Democrata.

“Em momentos essenciais, o então diretor Comey optou por se desviar das normas e procedimentos do FBI e, no lugar disso, seguiu seu próprio processo subjetivo de tomada de decisões”, acrescenta o informe.

Ainda que esses gestos “não tenham sido resultado de tendência política da parte de Comey”, tiveram “um impacto negativo na percepção do FBI e desse Departamento como administradores da Justiça”, apontou.

“Embora admitamos que Comey enfrentava uma situação difícil com opções pouco atraentes, concluímos que, ao proceder como fez, Comey cometeu um sério erro de avaliação”, acrescenta o relatório.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários