Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Trump diz ter recebido uma carta ‘simpática’ do ditador da Coreia do Norte

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Trump diz ter recebido uma carta 'simpática' do ditador da Coreia do Norte
COMPARTILHE

Trump não descartou a realização de mais uma reunião com Kim em breve. Ele deve viajar ao Japão e à Coreia do Sul no final de junho.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse, nesta terça-feira (11), que recebeu uma carta muito calorosa do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong Un.

Em declaração a jornalistas na Casa Branca, Trump disse que acredita “que vai acontecer algo que será muito positivo”, mas não entrou em detalhes.

O governo dos Estados Unidos está tentando retomar o ímpeto nas conversas travadas com Pyongyang.

O objetivo do chefe da Casa Branca é convencer a Coreia do Norte a desmantelar seu programa de armas nucleares.

Ainda durante a conversa com jornalistas, Trump declarou:

“Realmente recebi uma carta linda de Kim Jong Un… agradeço a carta. Vi a informação sobre a CIA no que diz respeito ao seu irmão, ou meio-irmão. E lhe direi que isso não acontecerá no meu… eu não deixaria isso acontecer.”

E, segundo a agência Reuters, completou:

“Uma carta muito calorosa, muito simpática. Acho que a Coreia do Norte tem um potencial tremendo.”

Trump falou um dia depois de o jornal Wall Street Journal noticiar que o falecido meio-irmão do ditador norte-coreano, Kim Jong Nam, era informante da Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos (CIA).

Kim Jong Nam foi assassinado no aeroporto de Kuala Lumpur, na Malásia, em fevereiro de 2017.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram