- PUBLICIDADE -

Trump dobra presença militar dos EUA nas Américas

Trump dobra presença militar dos EUA nas Américas

- PUBLICIDADE -

Navios da Marinha dos EUA estarão cada vez mais perto da costa da Venezuela em operação de combate ao narcotráfico.

O presidente Donald Trump anunciou, nesta quarta-feira (1º), que vai dobrar os recursos militares dos Estados Unidos na região do Mar do Caribe, incluindo embarcações, aeronaves e pessoal. 

Trump disse que a medida é um esforço para conter o tráfico de drogas, que ele chamou de “ameaça crescente” promovida pela narcoditadura de Nicolás Maduro.

Mencionando o regime chavista de Maduro na Venezuela, Trump disse que outros cartéis de drogas poderiam se valer da pandemia do novo coronavírus “para contrabandear mais narcóticos”.

O reforço na operação dos EUA na região também implicará no envio de navios da Marinha para mais perto da costa da Venezuela, mas a proximidade que as embarcações chegará não está clara.

O acréscimo na presença militar norte-americana no continente já havia sido anunciada no começo de março pelo chefe do Comando Sul, Craig Faller, em depoimento ao Congresso. 

Na ocasião, Faller disse que a maior presença militar estava sendo implementada “em reconhecimento a ameaças complexas”, e que incluiria um maior número de navios, de aviões e de forças de segurança”, destaca O Globo.

A movimentação militar do governo Trump acontece alguns dias após o Departamento de Justiça dos EUA classificar formalmente Nicolás Maduro como um “narcoterrorista”.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -