Trump entra com ação judicial apontando fraudes em Detroit

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

A ação judicial pede que a certificação dos votos seja interrompida em Detroit.

A campanha republicana de Donald Trump abriu um processo, nesta segunda-feira (9), por fraude eleitoral em Detroit, no Michigan

Os republicanos teriam depoimentos confirmando “votos retroativos, sem assinaturas correspondentes”, destaca o jornalista Matt Finn, da FOX News.  

Entre as evidências está a “declaração de uma funcionária municipal alegando que foi convidada a retroceder a data das cédulas”, acrescenta Finn. 

O processo inclui uma declaração juramentada de um observador republicano, Zachary Larsen

A ação judicial pede que todas as evidências, incluindo computadores e documentos, sejam imediatamente preservadas e que a certificação dos votos seja interrompida. 

O democrata Joe Biden foi projetado pela imprensa como vencedor das eleições presidenciais nos Estados Unidos

O atual chefe da Casa Branca contesta o resultado, apontando fraudes praticadas pelos rivais democratas. 

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.