- PUBLICIDADE -

Trump envia 4 mil militares para fronteira com o México

- PUBLICIDADE -
Capa: AP Photo/Ross D. Franklin

O presidente dos Estados Unidos afirmou que pretende manter a Guarda Nacional na fronteira com o México até que o muro que prometeu durante a campanha seja construído.

Donald Trump disse a repórteres na quinta-feira (05) provavelmente manterá os militares da Guarda Nacional postados ao longo da fronteira com o México até a construção do muro que prometeu durante sua campanha estar completa. Na quarta-feira (04), Trump assinou a autorização para o envio de militares para a fronteira.

Ao menos 4 mil militares vão patrulhar a região, segundo a Casa Branca. O governo americano disse que terminou o memorando firmado com os estados que fazem fronteira com o México, definindo como será a ação da Guarda Nacional e qual será a distribuição do efetivo militar na fronteira.

A medida foi anunciada após quatro dias de fúria de Trump contra uma caravana de imigrantes da América Central que atravessa o território mexicano e pretendia chegar à fronteira com os Estados Unidos. Na terça-feira o grupo chegou ao estado de Oaxaca, no México, e desistiu de continuar o trajeto.

O governo do México disse nesta quarta que o efetivo da Guarda Nacional que os Estados Unidos pretende deslocar para a fronteira comum não portará armas nem fará controle migratório ou alfandegário.

 

Com informações de: [Estadão]
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -