Português   English   Español

Trump ironiza testemunho de suposta vítima de Kavanough

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, questionou na terça-feira (2), com um tom irônico, o testemunho de Christine Ford, suposta vítima do juiz Brett Kavanough, indicado por ele para uma vaga na Suprema Corte.

Durante um comício no Mississipi na noite de terça-feira (2), Donald Trump colocou em dúvida a versão que Christine Ford deu sob juramento diante do Comitê de Justiça do Senado, onde foi interrogada na semana passada para falar da suposta agressão sexual.

O presidente dos Estados Unidos declarou:

Como você chegou em casa? ‘Não me lembro’. Como chegaste lá (no lugar da agressão)? ‘Não me lembro’. Onde era? ‘Não me lembro’. Há quantos anos isso aconteceu? ‘Não sei’.

E continuou:

Em que bairro era? ‘Não sei’. Onde estava a casa? ‘Não sei’. No andar de cima, no andar de baixo? ‘Não sei, mas tomei uma cerveja. Isso é a única coisa que lembro’.

Além disso, Trump disse que o testemunho dela destroçou “Kavanough e sua família”, e afirmou que os que o promoveram – se referindo aos democratas – são “pessoas más”.

Adaptado da fonte EFE

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter