Português   English   Español

Donald Trump Jr. entra no coro e pede divulgação do memorando

Nesta sexta-feira (19/01), Donald Trump Jr. se juntou a milhões de americanos exigindo que o memorando relatando abusos das agências de inteligência contra o candidato Trump durante a campanha presidencial de 2016 seja revelado.

Hoje mais cedo, você teve a oportunidade de ler um artigo com informações sobre o documento que está causando alvoroço no cenário político dos Estados Unidos.

Até o momento, durante toda esta sexta-feira, a hashtag #ReleaseTheMemo – em português “Liberem o Memo” – está entre os tópicos mais comentados no Twitter dos EUA.

O filho mais velho do Presidente, Donald Trump Jr., que foi alvo de muitas acusações durante todo ano de 2017 por supostas conexões com a conspiração russa, não perdeu tempo e entrou no coro, exigindo que o documento fosse revelado para o público norte-americano.

Previsão: Democratas vão tomar uma postura ainda mais dura sobre a paralisação do governo para que ela se torne a narrativa ao invés de falar sobre a divulgação do memorando, aparentemente, muito prejudicial. A mídia vai obviamente ser cúmplice e ajudá-los.

Americanos merecem saber o conteúdo do memorando. Democratas e oficiais do “estado profundo” estão fazendo tudo que podem para proteger aqueles dentro do governo que utilizaram suas posições de influência para mirar aqueles que eles discordavam politicamente. LIBEREM O MEMORANDO!

A realidade é que se o memorando fosse prejudicial aos republicanos, os democratas já teriam vazado. Por que os dois pesos e duas medidas?

Ainda ouviremos falar muito sobre esse documento que está sendo tratado por muitos congressistas republicanos como uma prova cabal de espionagem política durante a administração do ex-presidente Barack Obama.

Deixe seu comentário

Veja também...