- PUBLICIDADE -

Trump não retirou apoio à adesão do Brasil na OCDE

Trump não retirou apoio à adesão do Brasil na OCDE
- PUBLICIDADE -

A embaixada dos EUA no Brasil divulgou nota reforçando o apoio da Casa Branca à candidatura do país à OCDE.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não retirou o apoio à entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Apesar do ruído causado na imprensa pela carta de apoio dos EUA à entrada de Argentina e Romênia na OCDE, a ausência do nome do Brasil no documento não significa uma desistência de Trump de manter a promessa feita diretamente ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Na tarde desta quinta-feira (10), a embaixada dos EUA no Brasil usou a rede social Twitter para divulgar uma nota oficial de apoio da Casa Branca ao processo de adesão do país ao “clube dos países ricos”.

“A declaração conjunta de 19 de março do presidente Trump e do presidente Bolsonaro afirmou claramente o apoio ao Brasil para iniciar o processo para se tornar um membro pleno da OCDE e saudou os esforços contínuos do Brasil em relação às reformas econômicas, melhores práticas e conformidade com as normas da OCDE. Continuamos mantendo essa declaração”, disse a embaixada.

“Apoiamos a expansão da OCDE a um ritmo controlado que leve em conta a necessidade de pressionar as reformas de governança e o planejamento de sucessão. Continuaremos a trabalhar com outros membros da OCDE para encontrar um caminho para a expansão da instituição. Todos os 36 países membros da OCDE devem concordar, por consenso, com o calendário e a ordem dos convites para iniciar o processo de adesão à OCDE”, acrescentou o texto da representação diplomática do Brasil.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -