Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Trump ordenou ataque contra o Irã, mas voltou atrás

Tarciso Morais

Tarciso Morais

COMPARTILHE

Operação contra alvos iranianos já estava em andamento quando foi suspensa. Ataque seria uma retaliação à derrubada de um drone americano.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aprovou na quinta-feira (20) um ataque contra alvos do Irã em retaliação à derrubada de um drone militar norte-americano, mas suspendeu a ordem 10 minutos antes que o Pentágono a executasse.

“Nós estávamos engatilhados e carregados para retaliar ontem à noite em 3 locais diferentes quando eu perguntei quantos morreriam. 150 pessoas, senhor, foi a resposta de um general. 10 minutos antes do ataque eu parei”, escreveu Trump no Twitter na manhã desta sexta-feira (21).

“Não tenho pressa, nosso Exército está reconstruído, novo e preparado, de longe o melhor do mundo”, acrescentou o chefe da Casa Branca.

Ainda na rede social Twitter, Trump também anunciou que novas sanções contra o regime islâmico foram implementadas.

“O Irã NUNCA poderá ter armas nucleares, não contra os EUA, e não contra o MUNDO!”, completou o presidente norte-americano.

Na madrugada de quinta, um drone de vigilância da Marinha dos Estados Unidos foi derrubado pelos iranianos perto do Estreito de Ormuz.

O Irã informou que o avião não-tripulado dos EUA estava em uma missão de espionagem sobre seu território, mas os EUA alegam que a aeronave foi abatida em espaço aéreo internacional.

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.