Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Trump pede à Rússia que pare de apoiar as ‘atrocidades’ da Síria

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
EUA reforçam que saída de Assad não é prioridade na Síria

Com apoio dos russos, os militares sírios estão avançando contra milícias jihadistas na província de Idlib.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, pediu à Rússia que pare de apoiar as “atrocidades” do regime sírio de Bashar al-Assad.

Durante uma conversa por telefone com o mandatário turco Recep Tayyip Erdogan, Trump “expressou preocupação com a violência em Idlib”, no noroeste da Síria

Em anúncio feito pela Casa Branca, neste domingo (16), Trump “expressou o desejo dos Estados Unidos de ver o fim do apoio russo às atrocidades do regime de Assad”.

Apoiadas pelos ataques aéreos de seu aliado russo, as tropas da Síria intensificaram recentemente sua ofensiva à província de Idlib, onde está localizado o último bastião jihadista.

A Turquia do líder islâmico Erdogan mantém doze postos de observação na província de Idlib, onde apoia militarmente as facções jihadistas remanescentes.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email