- PUBLICIDADE -

Trump pede à Rússia que pare de apoiar as ‘atrocidades’ da Síria

EUA reforçam que saída de Assad não é prioridade na Síria

- PUBLICIDADE -

Com apoio dos russos, os militares sírios estão avançando contra milícias jihadistas na província de Idlib.

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, pediu à Rússia que pare de apoiar as “atrocidades” do regime sírio de Bashar al-Assad.

Durante uma conversa por telefone com o mandatário turco Recep Tayyip Erdogan, Trump “expressou preocupação com a violência em Idlib”, no noroeste da Síria

Em anúncio feito pela Casa Branca, neste domingo (16), Trump “expressou o desejo dos Estados Unidos de ver o fim do apoio russo às atrocidades do regime de Assad”.

Apoiadas pelos ataques aéreos de seu aliado russo, as tropas da Síria intensificaram recentemente sua ofensiva à província de Idlib, onde está localizado o último bastião jihadista.

A Turquia do líder islâmico Erdogan mantém doze postos de observação na província de Idlib, onde apoia militarmente as facções jihadistas remanescentes.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -